Hotel in Covilhã

Covilhã, Portugal

Função:

O Hotel Enatur (Grupo Pestana) resulta da reabilitação do edifício do antigo Sanatório dos Ferroviários, na Covilhã, da autoria do arquitecto Cottineli. O edifício abandonado situado a 1200 metros de altura teve a intervenção de Souto de Moura que pretendia reconstruir a “monumental serenidade” do sanatório do século XX na Serra da Estrela. O investimento total ascendeu a 19,6 milhões de euros.

Os principais desafios do projeto são a utilização do edifício remanescente, a escavação necessária e a inserção das infraestruturas necessárias à manutenção das aberturas existentes. O procedimento de construção consiste em cortar a laje em retângulos e encaixar vigas metálicas nesses furos para que o resto possa ser demolido. As lájes são genéricamente mistas.

A primeira questão era se deveríamos manter a atmosfera do sanatório e seus materiais de revestimento. Pensávamos que sim, porque eram um
boa imagem de um ambiente dos anos 30, com a vantagem de ainda hoje poderem ser encontrados os materiais aí existentes. Assim, a proposta
foi uma “restauração total”, exceto para o redesenho das coberturas. Pretendia-se atender às reais necessidades de implantação de um hotel.
equipamentos que o tornassem rentável, eficiente e funcional, sem alterar o conceito adoptado de “restauro global”, onde a adaptação à sua nova função era quase “natural” e que, em conjunto, tinha a imagem coerente e final de um edifício reconstruído.

Eduardo Souto de Moura

Localização

revista online

Localização: Covilhã, Portugal
Função:
Cliente: Pestana Group
Ano: 1997
Área: 7300 m2
Construtor: Soares da Costa